Migração de plataforma e SEO: O que você precisa saber

Seu site ou loja virtual já passou por uma migração de plataforma? Querendo ou não empreendedor, chega uma hora que esse processo é uma necessidade para o sucesso do seu negócio. Existem muitos motivos para que isso ocorra como:

  • Mudança de plataforma e-commerce;
  • Atualização de layout (que pode excluir algumas páginas);
  • Troca de plataforma de site (do Joomla para WordPress por exemplo);
  • Transformar seu site em responsivo (layout adaptado para telas de dispositivos móveis);
  • Mudança de modelo de negócio;
  • Entre muitas outras situações.

migração de plataformas e seo

Regras para uma migração sem maiores problemas

Contar com ajuda de experts em SEO é o primeiro passo

A principal regra para realizar uma migração de plataforma bem sucedida é contar com a ajuda de profissionais que realmente entendem de otimização de sites para mecanismos de busca (se não tiver um profissional no seu quadro de funcionários, a dica é contratar uma consultoria SEO).

Isso porque é preciso fazer um bom planejamento em cada procedimento e etapa para que o novo site possa aumentar as conversões e vendas.

Ou seja, uma migração de plataforma mal feita traz grandes prejuízos para seu negócio.

Além disso, os profissionais de SEO conseguem realizar um mapeamento eficaz das páginas relevantes por canal usando o Google Analytics.

Escolha o melhor momento para começar a migração

É preciso ter em mente que erros podem ocorrer nas páginas durante o processo.

Embora eles possam ser corrigidos rapidamente por quem entende do assunto, não é recomendado começar uma migração de plataforma e-commerce, por exemplo, em datas comerciais importantes como Natal ou Black Friday.

Isso porque páginas de produtos podem apresentar erros e impedir que os internautas os encontrem na sua loja virtual (e deixem de fazer a compra por isso).

Acontecer quebras de links e ter redução no tráfego orgânico também são problemas comuns que impactam negativamente nas vendas, nos lucros e até.na experiência do usuário.

Não tenha pressa para concluir o processo

A migração de plataforma é um processo complexo, altamente técnico e cheio de detalhes.

Portanto não adianta querer que a conclusão seja rápida.

É melhor fazer aos poucos de forma correta e planejada do que fazer tudo de uma vez sem planejamento e execução adequados. Só para você entender o porquê, confira alguns dos principais procedimentos que precisam ser realizados:

  • Criar novas estruturas para URLs: o objetivo é tornar as URLs amigáveis porque é fundamental para melhorar o ranqueamento na página de pesquisa orgânica do Google e outros motores de busca;
  • Redirecionamento de páginas correto: para evitar que o internauta acesse páginas com Erro 404 (o que é péssimo para os negócios e também para a imagem da marca), é necessário redirecionar o tráfego usando corretamente o Redirect 301 e em alguns casos Redirect 302
  • Acabar com conteúdo duplicado: altamente prejudicial para SEO por reduzir a relevância do site para os mecanismos de busca, o problema de páginas duplicadas pode ser facilmente corrigido com o uso do atributo Canonical. Isso porque ele indica ao Google qual página é prioridade na indexação.
  • Analisar a estrutura da linkagem interna: os links de uma página para outra dentro do seu site garantem relevância para elas. Durante uma migração de plataforma, é necessário analisar se a navegação está melhor do que a do site antigo e uma boa linkagem interna é indispensável nesse quesito.
  • Mantenha as estratégias de SEO que estavam funcionando: essa é uma estratégia fundamental para manter o bom ranqueamento das páginas e o tráfego alto. Então você deve manter titles, meta description, marcação de dados, imagens, otimização de texto e de layout etc, das páginas antigas nas suas equivalentes no site novo.

Etapas da migração de plataforma

Pré-migração

pré-migraçãoÉ a fase de planejar todo o processo para que saia tudo bem e seu site não perca tráfego com a mudança de plataforma que será realizada. Para isso, as estratégias de SEO das novas páginas já devem estar prontas e as antigas rastreadas e redirecionadas para que o novo site já tenha as correções necessárias (sem links quebrados, Erro 404, etc.).

Além disso, é importante já ter alinhado os trabalhos das equipes de arquitetura de informação e design já que os wireframes, por exemplo, precisam estar disponíveis na etapa anterior a migração propriamente dita.

Também é hora de listar todos os requisitos de SEO para colocá-los em prática de forma simples. Para isso, é preciso elaborar um documento que deixe claro em detalhes como fazer essa parte anterior a migração. Confira as principais ações dessa etapa:

  • Listar backlinks;
  • Listar links internos;
  • Listar páginas indexadas;
  • Listar páginas importantes;
  • Validar estrutura onpage da nova plataforma;
  • Ter um ambiente de homologação com o novo site;
  • Listar as novas URLs;
  • Preparar novo robots.txt;
  • Montar o de / para;

Migração

migraçãoÉ o momento de executar todas as tarefas para que a migração de plataforma ocorra da melhor maneira possível. Isso porque se algo for feito incorretamente pode ocasionar erros, queda no ranqueamento na SERP, redução de tráfego, entre outros problemas.

Por esse motivo é necessário total planejamento e atenção na execução.

Contar com quem sabe o que faz é o que resulta em uma migração de plataforma bem feita. Confira as principais ações que precisam ser realizadas:

  • Checar se robots.txt está ativo e corretamente configurado;
  • Checar se sitemap.xml atual está correto;
  • Publicar o de / para com as regras de direcionamento corretas;
  • Checar se as Tags canonical estão corretas.

Pós-migração

pós-migraçãoApós ter realizado a migração de plataforma, uns dias após o lançamento do novo site, é chegado o momento de monitoramento dos benchmarks.

Dessa forma é possível comparar o desempenho do site antigo e do atual analisando a performance de ambos.

Diagnosticar com antecedência os pontos que precisam melhorar e de baixo desempenho no novo site é fundamental para implementar ações corretivas rapidamente e garantir a boa performance das páginas.

Para obter esse comparativo de mercado, é necessário realizar os seguintes monitoramentos:

  • Monitorar erros 404;
  • Monitorar tráfego orgânico;
  • Monitorar conversão por canal;
  • Monitorar velocidade de carregamento.

impactos de uma má migração

Como uma migração de plataforma mal feita impacta negativamente o tráfego orgânico

Uma perda natural de tráfego orgânico é realmente esperada quando uma loja virtual ou site institucional realiza migração de plataforma (mesmo que ela tenha sido realizada perfeitamente bem).

Porém, quando todo o processo é mal planejado e executado de forma incorreta, a queda no tráfego é muito maior.

Com menos visitantes no site consequentemente as vendas despencam.

Além disso, o posicionamento na SERP é prejudicado.

Muitos benchmarks podem ser comprometidos fazendo com que você chegue à conclusão que o site antigo tinha melhor performance e perceba que a migração de plataforma não trouxe o retorno esperado (pelo contrário, deu foi prejuízo em um primeiro momento).

Não quer que o barato saia caro? Então a dica é investir em profissionais especializados em SEO para realizar a migração de plataforma de maneira correta.

Quando você realiza esse investimento, é possível notar que o site novo tem praticamente a mesma performance do antigo em um primeiro momento e com o passar do tempo performa muito melhor.

O que garante alto tráfego, bom ranqueamento e muitas vendas.  

Conclusão

A migração de plataforma pode até parecer algo simples, à primeira vista, mas é um processo técnico, complexo e trabalhoso.

Portanto precisa ser realizado por profissionais de SEO para não comprometer a otimização de páginas, o bom ranqueamento, o tráfego orgânico e muito menos suas vendas.

Por falta de conhecimento (achar que é simplesmente fazer um De/Para), muitos empreendedores acabam amargando prejuízos por conta de uma migração de plataforma mal feita.

Para que isso não aconteça no seu negócio, a dica é contar com expert em Search Engine Optimization e também aprender o máximo sobre o tema.

Quer entender mais sobre otimização de sites para mecanismos de busca? Continue acompanhando o Blog Search Lab! Assine nossa newsletter para saber em primeira mão as novidades em SEO.

Leave a Reply 0 comments

Leave a Reply: