Como o tempo de carregamento de um site afeta o SEO?

tempo de carregamento de um site

Em tempos de competitividade cada vez mais alta na WEB, o bom trabalho de SEO pode fazer a diferença e gerar resultados duradouros.

Entretanto, o trabalho de SEO não é algo simples. São mais de 200 fatores considerado pelo Google na hora de ranquear uma página.

E é justamente sobre um deles que falaremos o hoje: tempo de carregamento de um site.

Nesse post você entenderá

Vamos lá?

Como o tempo de carregamento afeta os resultados de um site?

Pensando de forma bem simples, se um site demora para carregar, o crawler do Google leva mais tempo para ler as páginas e consequentemente indexa-las.

Ainda na mesma lógica, se uma pessoa deseja comprar algum produto ou consumir algum conteúdo e a página demora para carregar, a experiência de navegação é afetada e faz com que a pessoa vá em busca de um novo site para o mesmo objetivo.

De acordo com um estudo realizado pela Kiss Metrics, se o site demorar mais de 03 segundos para carregar, metade dos visitantes abandonarão o que pretendiam fazer.

consultoria de seoComo vimos acima, a rotina do SEO está longe de ser algo simples e exige uma série de acompanhamentos.  Para isso desenvolvemos projetos personalizados que vão desde entregas pontuais até a mão na massa constante. Vamos bater um papo?

Fale com um especialista!

O que pode ser feito para melhorar o tempo de carregamento?

Existem fatores comuns que ocasionam lentidão no carregamento de páginas que podem ser melhorados internamente ou com ajuda de um desenvolvedor. São eles:

  1. Imagens Grandes – Se você usa o Photoshop ou outro programa de edição de imagens, use sempre a opção “Save for Web” ou ao menos utilize uma versão de JPG com redução de qualidade.
  2. Requisições HTTP em excesso no site – Cada vez que uma requisição HTTP é feita há um longa caminho de solicitação, resposta, recebimento e confirmação de chegada do pacote. Por isso, quanto menos requisições HTTP o site/página tiver, mais rápido será o carregamento.
  3. Tamanho do HTML – O tamanho do arquivo HTML também interfere no carregamento. Uma alternativa muito válida é comprimir seu HTML para ser entregue.

Além desses fatores, existem outros que podem ser consultados a partir das ferramentas que serão explicadas no próximo tópico.

Ferramentas que auxiliam nesse processo

O tempo de carregamento pode ser melhorado com ajustes em arquivos códigos ou simplesmente em algumas páginas. Abaixo separamos algumas ferramentas que podem lhe auxiliar nesse processo.

Cloudflare

Cloudflare é um serviço de Content Delivery Network (CDN) que cria ma cópia em cache do site e distribui ela por centenas de servidores ao redor do mundo.

Isso reduz a carga no servidor principal primário e aumenta a velocidade de carregamento das páginas do site.

Google Page Speed Insights

Ferramenta fornecida pelo próprio Google que avalia tanto o tempo de carregamento em dispositivos móveis quanto em desktop.

Para isso a ferramenta atribui uma nota de 0 a 100 e os pontos que devem ser ajustados para que a nota receba um upgrade.

Veja o exemplo na figura.

pagespeed insight

GT Metrix

GT Metrix é uma ferramenta muito parecida com o Google Speed Page Insights mas que atua principalmente em sites feitos em WordPress.

Assim como o Page Speed Insight, é atribuída ao site uma nota que vai de A a F de acordo com a soma dos resultados de diversos fatores.

Veja o exemplo na figura.

gt metrix

OnCrawl

logo-oncrawl-postDiferente das ferramentas citadas acima, a Oncrawl além de passar uma visão geral do tempo de carregamento, ela desce a lupa e consegue ver o quanto cada página do site colabora para o tempo de carregamento alto.

Dessa forma, ao cruzar os dados com o Google Analytics, por exemplo, é possível saber se as páginas “mais pesadas” do site são páginas que geram conversões e corrigi-las, evitando talvez um trabalho de otimização maior, que seria o do site todo.

Oncrawl-tempo-de-carregamento

Conclusão

O tempo de carregamento de uma página é um dos principais fatores de decisão de permanência em uma página por uma usuário.

Apesar de o Google valorizar esse fator no ranqueamento de página, existem muitas oportunidades de melhoria ainda, pois nem todos os proprietários de site possuem conhecimento, recurso ou noção do quanto isso pode impactar os resultados dele.

Mesmo com esse problema, as vezes uma simples mudança em uma ou duas páginas pode resolver o problema. A era do mobile passou, agora é customer first (o cliente em primeiro lugar).

Um abraço e até o próximo artigo!

Leave a Reply 0 comments

Leave a Reply: