Principais métricas de SEO

Mais do que ajudar no planejamento, as ferramentas de SEO são importantes  inclusive para a mensuração. Como, por exemplo, o SEM Rush que quando bem usado consegue até mesmo colaborar positivamente com os resultados de otimização de sites.                                                                      

Ao acompanhar as principais métricas de otimização de sites pelas automações, você consegue entender o que está funcionando bem no digital e o que não está. O que permite tomar decisões mais assertivas porque são baseadas em dados e  mudar os rumos das ações. 

Mas, você sabia que não é toda métrica de SEO que vale a pena acompanhar? Isso porque alguns indicadores não revelam tão objetivamente certos problemas de SEO. Ou seja, alguns podem ser úteis para Inbound Marketing, mas nada tem a ver com Search Engine Optimization.  

Neste post Search Lab, você vai conhecer as principais métricas de SEO que valem a pena acompanhar. Porém, elas devem ser definidas caso a caso dependendo do seu objetivo com o trabalho de otimização. Confira: 

Duração média de sessão

A métrica do Google Analytics indica o tempo, em segundos, de todas as sessões do seu site dividido pelo número de sessões. Analisá-la é estratégico porque revela se as pessoas estão navegando no seu site pouco ou muito

Caso esse indicador esteja baixo, isso pode ser um indício que a usabilidade do site não é das melhores. E isso está afetando não apenas a experiência do usuário, que é algo de extrema importância, como até mesmo a taxa de rejeição, entre outros problemas de SEO

Afinal, pouco adianta trazer muita gente para as páginas se elas estão com problema de arquitetura da informação por exemplo. E por isso os internautas não conseguem encontrar o que desejam com facilidade. O que faz eles irem embora ou desistirem de realizar qualquer conversão. 

Páginas por sessão

Outra métrica de SEO importante que você pode mensurar no Google Analytics. Ela equivale a quantidade de páginas que um usuário acessou na mesma sessão navegando no seu site.

Vale lembrar que se a cada 30 segundos o internauta ficar inativo, a sessão expira e outra tem início. 

Além disso, é preciso analisar a métrica em conjunto com outras. Por exemplo: ter muitas sessões com apenas 2 páginas acessadas pode representar que o usuário teve facilidade de navegação na primeira, quis continuar no seu site, mas  ficou muito tempo parado na outra. 

Se for um blog, ele pode ter encontrado a informação que queria no post que estava lendo atentamente. Mas, se era uma página para realizar alguma ação, ele pode ter encontrado alguma dificuldade pelo caminho e não a concluiu.

Em um caso como esse, provavelmente o Bounce Rate estaria alto. Já a métrica conversão deveria estar baixa. Afinal se uma pessoa tenta realizar uma ação e encontra dificuldades, ela vai embora. 

Já o outro extremo, o acesso de muitas páginas em uma mesma sessão pode revelar problemas com arquitetura da informação ou problemas de otimização de páginas. 

A partir dessa métrica, é possível realizar testes de usabilidade para corrigir o problema e tentar entender melhor o comportamento do usuário na página para compreender o que está de fato ocorrendo. E assim melhorar os resultados de SEO e do negócio.

Conversão

Muitas pessoas confundem o aumento das conversões com o crescimento de vendas online. Embora uma coisa esteja até relacionada com a outra, não são sinônimos.

Explico melhor: em SEO, a métrica Conversão tem a ver com preenchimento de formulários online e portanto crescimento da base de leads. O que é um passo importante rumo ao aumento de vendas ou assinaturas de serviços.  

Por esse motivo vale a pena acompanhar o número de conversões do seu site ou loja virtual frequentemente. Exemplos de ações que são consideradas conversão em SEO: 

  • Assinatura de Newsletter
  • Downloads em geral (templates, e-books, planilhas, etc.)
  • Inscrições em eventos online ou offline
  • Formulários para experimentar grátis seu produto ou serviço 
  • Tudo que torna visitantes em leads 

Agora que você sabe o que é conversão, certamente entende como as páginas de  Materiais Gratuitos e Contato, por exemplo, são altamente estratégicas não apenas para Inbound Marketing, mas inclusive para um projeto de SEO. 

Tráfego orgânico

As ferramentas de web analytics revelam as principais fontes de tráfego do seu site ou blog. O que significa como os internautas estão chegando em suas páginas.

No caso do indicador Busca Orgânica, ele mostra a quantidade de acessos que estão vindo por meio do Google ou outros buscadores. Ou seja, o organic traffic propriamente dito e que está diretamente relacionado aos trabalhos de SEO.

Mas, por si só, o tráfego orgânico não revela que as pessoas estão navegando mais no seu site ou realizando ações importantes como compras online ou cadastro de formulários. 

Na prática, essa métrica só revela que os usuários estão chegando ao seu site por meio da página de resultados da busca orgânica dos buscadores. Mas, se forem “mal recebidos” em suas páginas, eles simplesmente vão embora. Portanto esse indicador não deve ser supervalorizado ou analisado isoladamente. 

Velocidade de carregamento do site

O tempo de carregamento de página é uma das métricas que você também precisa ficar de olho. Isso porque ela, muitas vezes, pode equivaler a uma porta fechada para visitantes que chegam via tráfego orgânico. 

Para se ter uma ideia da importância desse indicador, o Google recomenda como boas práticas de SEO ter um site que carregue até 20 segundos. Já que mais do que isso prejudica tanto a experiência do usuário a ponto das pessoas voltarem ao buscador para clicar na página posicionada abaixo da sua na SERP.

Ou seja, o problema de SEO imediato que a lentidão nas páginas ocasiona é o aumento do Bounce Rate (taxa de rejeição). Mas, vale lembrar que isso é só a ponta do iceberg porque a pessoa deixou de navegar e converter. E quem sabe até comprar online no seu website devido ao alto tempo de carregamento. 

Por esse motivo, essa métrica precisa ser monitorada frequentemente e dependendo dos dados, criar estratégias para aumentar a velocidade de abertura de páginas.

CTR

Do inglês Click Through Rate (CTR), a taxa de clique é a relação entre quantidade de impressões na busca orgânica e o número de vezes que os internautas clicam nelas. 

Ou seja, se ela está alta, significa que as pessoas estão encontrando sua página nos buscadores, achando a informação relevante e clicando. Já se ela estiver baixa, informa que as pessoas estão encontrando seu conteúdo, mas estão o ignorando porque simplesmente não estão clicando nele. 

Por esse motivo é importante monitorar essa métrica regularmente para dessa forma melhorá-la caso esteja com problemas. A otimização de description e title, por exemplo, pode ser uma maneira eficaz de aumentar o CTR

Mas, cada caso é um caso, e às vezes o auxílio de profissionais especializados em SEO pode ser necessário para melhorar os resultados como um todo.

E quais as métricas mais importantes em SEO?

Como você já sabe, existe uma grande variedade de indicadores de Search Engine Optimization disponíveis para serem mensurados. Mas, não é preciso perder tempo e dinheiro analisando a performance de cada um deles. 

De acordo com um estudo realizado pelo SEM Rush, as métricas de SEO relacionadas ao comportamento do usuário são as que devem ser as prioridades na etapa da mensuração. 

Como é possível notar no gráfico abaixo, as visitas diretas no site, o tempo  de permanência nele, a quantidade de páginas acessadas por sessão e a taxa de rejeição são as métricas mais relevantes para SEO atualmente. 

Já as otimizações relacionadas ao SEO Offpage, também são indispensáveis, porém ocupam um grau intermediário entre as prioridades segundo o estudo do SEM Rush.

Enquanto as otimizações de SEO Onpage estão entre as menos prioritárias na escala. Mas, vale destacar que isso não significa que sejam desnecessárias e devam ser negligenciadas por seu site ou loja virtual.

Métricas de SEO ligadas a UX devem ser prioridade para e-commerces

Aqui na Search Lab foi realizada uma pesquisa SEO que analisou 60 mil páginas de e-commerces. E o estudo revelou que as métricas relacionadas à experiência do usuário são as mais importantes para lojas virtuais.

Isso porque foi constatado que o Bounce Rate, por exemplo, impacta diretamente, não apenas no tráfego orgânico, mas até no posicionamento médio da página. Como é possível verificar em um dos insights da pesquisa abaixo:      

Quer ter acesso gratuito à Pesquisa SEO: o que impacta em posicionamento, tráfego e conversão? É só fazer download na nossa Página de Materiais Gratuitos. Ou então assista o webinar sobre o estudo com os principais pontos e insights sobre ela comentados por experts em SEO

Como analisar métricas de SEO

Dados servem para responder os principais questionamentos da sua empresa. No caso de SEO, o foco costuma ser geração de leads ou awareness. Mas, os esforços do projeto também incluem identificar oportunidades para o negócio (pelo menos aqui na Search Lab trabalhamos assim). 

Então o primeiro passo para analisar dados corretamente é saber qual pergunta você quer responder com eles. E para isso, é indispensável conhecer os objetivos de SEO (e eles precisam estar integrados aos do negócio). 

Depois defina os principais indicadores-chaves de resultado (KPIs) que fazem sentido no seu projeto de SEO como, por exemplo, posicionamento médio das páginas e taxa de conversão.

Quer aprender mais sobre análise? É só assistir nosso vídeo ‘Como analisar dados e métricas em SEO’ porque eu explico em detalhes o que mensurar e como isso indica o fracasso ou sucesso da suas ações.  

Conclusão

Parte importante do processo de otimização de sites para motores de busca, a mensuração frequente é fundamental para entender o que está funcionando bem no seu projeto de SEO e também o que não está. 

E dessa forma poder tomar decisões mais assertivas com base em dados, além de aprimorar o que não apresenta bons resultados. 

Vale lembrar que nem todas as métricas de SEO valem a pena analisar. Tudo vai depender dos seus objetivos com otimização de sites para buscadores.

Porém, algumas das mais importantes para a maioria dos projetos como páginas por sessão, CTR, conversões e tempo de carregamento precisam ser avaliadas em conjunto com outras (que nem sempre são as mais importantes), mas irão ajudar a entender o cenário como um todo. 

Considera mais alguma métrica de SEO importante que não foi mencionada neste post? Troca uma ideia com a gente nos comentários. 

2 Comentários

  • Olá,
    Quero colocar um banner com um link para divulgar uma página.
    Como faço para avisar ao Google que se trata de um anúncio e não deve ser levado em consideração?

    Obrigado

    Resposta
    • Oi Guilherme, você precisará aplicar o “nofollow” no link. Dê uma olhada neste link de suporte do próprio Google que tem uma explicação bem clara sobre isso.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos Parceiros
Plataformas
Newsletter
Confirme que não é um robô
Rolar para o topo