Storytelling para e-commerce: dicas de conteúdos diferenciados para ajudar o SEO e nas vendas

storytelling para ecommerce

A arte de contar histórias está longe de ser coisa do mundo contemporâneo. Só para dar um exemplo, já havia a figura do bardo entre celtas e gauleses. Era ele que narrava lendas e fatos históricos ao seu povo em forma de poemas falados ou cantados. Ou seja, era um storyteller da Antiguidade. 

A grande novidade é que no século XXI, o storytelling está sendo usado em conteúdos otimizados para SEO em blogs e até e-commerces com o intuito de despertar a identificação das pessoas ao contar a história da marca e até de produtos ou serviços. 

O que tem agradado também o Google. Isso porque contar histórias desperta o interesse dos internautas criando conexões. Ou seja, costuma ser uma experiência agradável para o usuário. E é isso que o maior buscador do mundo prioriza.  

O que é storytelling

Storytelling é uma palavra da língua inglesa que significa contação de história em português. E a narrativa pode ser realidade ou ficção. Só que essa arte milenar vem sendo usada também como ferramenta de Branding, Inbound Marketing, Publicidade e até mesmo em conteúdos otimizados para SEO. Então pode estar presente: 

  • Na página Sobre de um site (história da marca)
  • Vídeos no YouTube
  • Campanhas em redes sociais 
  • Em páginas de categorias, produtos ou serviços
  • Posts, publiposts ou guestposts
  • E-mails marketing, entre outras utilizações

Exemplo de storytelling de serviço em blog

missão

Daniel Arend e Victor Baptista têm uma interessante missão: ajudar donos de e-commerces e empresários dos mais variados segmentos a melhorar a performance dos sites na busca orgânica. Para isso, eles elaboram projetos de SEO sob medida e oferecem projetos específicos de SEO para e-commerces também.

Em 2017, criaram a Search Lab, agência especializada em SEO, e foram conquistando clientes. Até que um dia, eles começaram a atender a empresa Wish Planner. 

Durante o projeto SEO, eis que todos foram surpreendidos com a identificação de uma nova oportunidade para a marca: a criação de um novo produto devido ao grande volume de busca por uma determinada palavra-chave. A empresa percebeu ainda que mudar nomes de alguns modelos faria vender muito mais.   

Já imagina qual foi o final feliz dessa história? A Wish Planner conseguiu melhorar seu posicionamento na SERP (que era um de seus grandes desafios) e também alavancou vendas inclusive cross selling (venda de outros produtos complementares).

A importância do conteúdo otimizado diferenciado em páginas de produtos 

Um dos principais desafios de Victor e Daniel é conscientizar gestores de e-commerce e donos de pequenas lojas virtuais que conteúdo otimizado precisa ser relevante, genuíno e de qualidade. Só assim ele irá performar bem, agregar mais valor, encantar clientes, favorecer o SEO e até ajudar a aumentar o faturamento do negócio. 

Uma das formas que os experts em performance encontraram para realizar seu intento, foi criar o blog Search Lab. Então eles começaram este canal para dar dicas sobre SEO como no post conteúdos otimizados de produtos que explica como o olhar único de quem vende pode favorecer a otimização das páginas e também facilitar mais a vida do consumidor. O que agrada bastante o Google. 

Outra ideia que eles tiveram foi escrever o texto SEO para página de produtos que dá dicas de otimização e mostra a importância da cultura SEO em toda equipe inclusive para os colaboradores que fazem descrições de mercadorias online.

SEO e storytelling são complementares 

“No Inbound Marketing, conteúdo é rei.” Todo o profissional do meio já ouviu essa máxima ao menos em algum momento em sua carreira, não é mesmo? De acordo com o site Bootcamp Digital, para 72% dos profissionais de marketing que participaram de um estudo, o conteúdo é o fator que mais tem peso em SEO.

Além disso, foi revelado que o Marketing de Conteúdo não só é um investimento menor em relação ao marketing tradicional como ainda gera cerca de 3 vezes mais leads. E estatísticas estão aí para fazer você pelo menos avaliar se vale a pena investir em SEO, Inbound Marketing e Content Marketing, certo?

Agora que você sabe, que conteúdo relevante único e de qualidade é fundamental para aumentar as chances de conversões e vendas em e-commerces, deve estar se perguntando se não deveria aplicar algumas técnicas de storytelling em suas páginas de produto também… 

Contar histórias em páginas de produtos: é possível?

Quando é realizada uma busca sobre Storytelling no Google, são encontrados vários conteúdos explicando a definição da palavra, falando sobre roteiro (jornada do herói) e importância de usar na página Sobre do seu negócio (o que é fundamental). Mas, é possível ir além. 

Algumas técnicas podem ser aplicadas inclusive em páginas de produtos para criar mais conexão entre a solução, o internauta e sua empresa, além de identificação das pessoas com o produto

Isso porque os usuários estão procurando algo que irá melhorar a vida deles. Lembre-se, embora seja fabricado por outra empresa, é seu e-commerce que está oferecendo uma oportunidade especial da pessoa comprar o que resolve o problema dela. 

E contar essa história real de maneira atrativa só vai deixar o fato mais evidente para o consumidor que provavelmente vai começar a criar conexão com sua loja virtual. O que só beneficia seu negócio. 

Como usar storytelling em conteúdo otimizado de produtos

Imagine que seus possíveis clientes são heróis, em uma odisséia em busca de um final feliz, e se coloque no lugar deles. Essa é a essência do storytelling: criatividade e empatia aliadas a uma bela narrativa para criar identificação e conexão de quem ouve, assiste ou lê. 

Em casos de conteúdos otimizados, é preciso primeiro planejar com base na  intenção do usuário, em palavras-chave e depois usar call to actions (CTAs) em pontos estratégicos do texto.

Para isso, será necessário conhecer muito bem seu público-alvo. Portanto a pesquisa de personas é fundamental já que você precisa conhecer comportamentos, desafios, motivações e objetivos dos usuários. Mas, vale lembrar que storytelling não se limita a texto já que pode ser feito também com imagens, vídeos, etc.

O importante é que a narrativa possibilite criar descrições otimizadas de produtos com informações relevantes e atraentes de um jeito diferenciado que permita pessoas se identificarem. Mas, não esqueça que texto de páginas de produtos tem o tom de voz da marca e um apelo mais comercial mesmo (no caso com os CTAs). 

Para isso, use algumas técnicas para mostrar que aquela é a melhor solução para o internauta contando histórias reais ou verossímeis (já que personas orientam o processo e são semi ficcionais), mas nunca conte mentiras aos seus clientes e prospects se não quiser ter prejuízo. 

 Sugestão de roteiro de conteúdo para página de produto

  • Introdução: comece o texto relembrando as dores do cliente/persona e logo revelando que há solução ( o produto que quer vender) 
  • O que é o produto
  • Para quem é recomendado
  • Benefícios
  • Tipos de modelos e para que perfil de consumidor serve
  • Especificações técnicas (dimensões, cor, tamanho, etc.)
  • Responda ao longo do conteúdo algumas perguntas mais frequentes
  • Informe como comprar (só na loja virtual?)
  • Preço
  • Formas de pagamento e outras facilidades (parcelamento, etc). 
  • Se for possível, insira vídeo do produto (mesmo que seja do fabricante)
  • Deixe clara a necessidade de adquirir o produto
  • Use CTAs no conteúdo (um no início do texto e outro no fim costuma funcionar bem)

Dicas de storytelling para promover produtos em posts

cadstro-de-produto-seo

Além de contribuir com o SEO Onpage, as técnicas de storytelling para e-commerce também podem ser aplicadas em posts em blogs de terceiros (guest posts ou publiposts). O recomendado é que você envie conteúdo otimizado com backlinks que redirecionam para suas páginas de categoria (preferencialmente) ou de produto. 

Como textos para blogs são mais descontraídos e podem ter um tamanho maior, dá para usar muito mais técnicas de storytelling do que nas páginas do e-commerce. Vale lembrar que o conteúdo é menos comercial e não tem tom de voz da sua marca.  

Sugestão de roteiro para conteúdos de produtos em guest posts 

Histórias de superação costumam ser uma boa ideia principalmente quando o objetivo do seu e-commerce é trazer tráfego de outro site ou blog para páginas de categoria ou produto. Isso porque não há superação sem uma solução (no caso seu produto) para o problema do herói.

E ela normalmente aparece quando o protagonista encontra alguém que já viveu tudo aquilo e conseguiu superar com a ajuda de algo (que esse mentor recomenda ao herói por querer seu bem). 

Outro ponto fundamental é usar a história do seu produto ou serviço para mostrar ao internauta que aquele final feliz também está ao alcance dele. Ou seja, use storytelling para as pessoas se reconhecerem no personagem e se motivarem ao perceberem: se ele conseguiu, eu também consigo! 

  • Comece contando uma situação que relembre as dores do cliente/persona e na sequência revele que há solução 
  • Durante a narrativa, explique: o que é o produto; para quem é recomendado; como deixou a vida de alguém melhor; benefícios; onde encontrar, etc. 
  • Destaque como o produto colabora efetivamente para melhorar a vida das pessoas
  • Incluir depoimentos em sua história faz toda a diferença já que é uma prova social ( o mentor é uma boa forma também)
  • Explique para que tipo de problema e perfil de pessoa cada modelo é recomendado 
  • Final feliz que sinalize que o leitor pode ter a mesma experiência com o produto

Técnicas de storytelling inspiradas na jornada do herói

  • Quem é o herói da história? Em que contexto se encontra?
  • O que o incomoda? Seu grande desafio?
  • O que faria ele feliz a ponto de pensar em buscar isso em uma verdadeira jornada? 
  • Por que demora tanto a começar uma jornada? 
  • Como essa aventura tem início? Quais seus principais obstáculos?
  • Como descobre o caminho certo a seguir? Quem o ajuda ou aconselha?
  • Como conta com ajuda do produto/serviço para conquistar o que tanto quer? 
  • Quem são seus aliados durante a jornada?
  • Como sua vida mudou após usar o produto?

Conclusão

Histórias bem contadas encantam pessoas desde que o storytelling surgiu há milênios por gerarem identificação em quem ouve. A novidade é que as narrativas têm sido cada vez mais usadas pelas empresas para fortalecer a marca, além de conectar e engajar audiências. 

Mas, a arte de contar histórias no universo do Marketing Digital não precisa se restringir às campanhas de redes sociais ou e-mail marketing. Esse recurso eficaz também pode ser utilizado para promover produtos em páginas de e-commerces e em blogs (da marca e/ou de terceiros)

Sendo que o poder do texto ou vídeo pode ser potencializado. Basta aliar algumas técnicas de storytelling com estratégias de SEO para conteúdo que as chances das páginas performarem melhor alavancando vendas aumentam consideravelmente. 

Quer aprender mais sobre SEO para E-commerce? A dica é acessar nossa página de materiais gratuitos que você encontra e-books gratuitos como Descomplicando SEO na página de produto, além de webinars e planilhas.  

Daniel Arend

Daniel Arend

Novos Negócios - Search Lab
É especialista em SEO, Fundador da Search Lab e co-undador do Marketagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos Parceiros
Plataformas
Newsletter
Confirme que não é um robô
Rolar para o topo