Linkagem interna e SEO: como podem melhorar os resultados do canal orgânico do seu ecommerce em 2021

Linkagem interna e SEO: como ajudam a melhorar os resultados do seu ecommerce

Links internos ajudam os usuários a entender mais sobre determinados assuntos, sem precisar sair do site, e ainda podem melhorar o posicionamento na busca orgânica do Google por ser um importante fator de ranqueamento

Como andam os links internos do seu ecommerce? Sabia que se a sua equipe de produção de conteúdo começar a linkar de uma página para outra, dentro do seu site de maneira otimizada, você pode conseguir melhorar o posicionamento na página de resultados de pesquisa do Google (SERP)?

Caso sua empresa ainda não esteja fazendo isso, a dica é colocar a linkagem interna no planejamento de  otimizações para 2021. Aliás, focar no SEO On Page no primeiro quarter ou trimestre é uma boa meta de SEO para melhorar resultados no próximo ano.
Quer entender como a linkagem interna é importante para SEO? Acompanhe este post Search Lab até o fim porque você vai aprender o que são links internos e porque são otimizações indispensáveis para sua loja virtual. Confira:

Link interno: o que significa isso em SEO?

Também conhecido como interlink ou backlinks internos, esse tipo de linkagem é aquela que leva o usuário de uma página para outra dentro do seu site por meio de um texto-âncora escolhido por você. 

Além de ajudar as pessoas a entenderem melhor sobre determinados assuntos que seu ecommerce  ou blog domina e já fez um conteúdo sobre, a linkagem interna ainda orienta os robôs do Google na hora de rastrear as páginas da loja virtual.

Isso porque eles conseguem encontrar mais rapidamente as páginas relevantes (principalmente quando há sitemap e robots.txt configurados no seu site) e interpretar mais facilmente o conteúdo de cada uma.  

Vale lembrar que a qualidade dos links internos também são levados em conta pelo Google na hora de realizar o ranqueamento. Isso porque, assim como ocorre nos backlinks externos, uma página transfere relevância e autoridade para outra só que dentro do seu próprio domínio. 

Como fazer links internos ajudarem o SEO da sua loja virtual

Arquitetura da informação otimizada 

O menu do seu ecommerce precisa ser otimizado com palavras-chave que façam sentido para as pessoas que visitam suas páginas para assim melhorar a experiência de usuário delas. E também para facilitar a vida dos robôs do Google. 

Vale lembrar que no menu e submenu cada keyword contém um link interno (formando um texto-âncora) que leva o usuário de uma página para outra dentro do seu próprio site.

Mas, a linkagem interna não se limita a Home Page. Ela precisa se estender a todo ecommerce com links entre páginas de categorias, subcategorias, produtos e até mesmo no blog do ecommerce (caso tenha). 

Isso porque backlinks internos de qualidade são fundamentais até para manter as pessoas dentro da sua loja virtual aumentando assim a duração e a quantidade de páginas visitadas por sessão do seu site. O que consequentemente reduz a taxa de rejeição (Bounce Rate). 

Além de melhorar essas métricas de SEO importantes, a linkagem interna bem feita aumenta consideravelmente as chances de realizar mais conversões e vendas. Ou seja, não gera resultados apenas na SERP. 

Transferência de autoridade entre páginas do seu site  

Quando suas páginas linkam para outras dentro do seu domínio ou da sua loja virtual, você está também distribuindo autoridade entre elas. Ou seja, em vez de concentrar tudo em uma página (Home Page), há um compartilhamento com outras:

  • Categorias
  • Produtos
  • Departamentos 
  • Subcategorias
  • Blog Posts 

O que é o ideal até mesmo porque essas páginas ganhando autoridade e sendo bem otimizadas começam a aparecer no Google também

O que traz mais visitantes, porém em diferentes momentos da jornada do cliente. Então é preciso ter o cuidado de otimizar o conteúdo de cada tipo de página de acordo com a intenção de navegação do usuário.

 Por exemplo: quando a pessoa chega do Google direto para uma página de categoria da sua loja virtual, ela está em um momento bem mais próximo da compra do que se tivesse saído do buscador para ler um post do seu blog ou navegar na sua Home.

Como fazer links internos ajudarem o SEO da sua loja virtual

Arquitetura da informação otimizada 

O menu do seu ecommerce precisa ser otimizado com palavras-chave que façam sentido para as pessoas que visitam suas páginas para assim melhorar a experiência de usuário delas. E também para facilitar a vida dos robôs do Google. 

Vale lembrar que no menu e submenu cada keyword contém um link interno (formando um texto-âncora) que leva o usuário de uma página para outra dentro do seu próprio site.

Mas, a linkagem interna não se limita a Home Page. Ela precisa se estender a todo ecommerce com links entre páginas de categorias, subcategorias, produtos e até mesmo no blog do ecommerce (caso tenha). 

Isso porque backlinks internos de qualidade são fundamentais até para manter as pessoas dentro da sua loja virtual aumentando assim a duração e a quantidade de páginas visitadas por sessão do seu site. O que consequentemente reduz a taxa de rejeição (Bounce Rate). 

Além de melhorar essas métricas de SEO importantes, a linkagem interna bem feita aumenta consideravelmente as chances de realizar mais conversões e vendas. Ou seja, não gera resultados apenas na SERP. 

Transferência de autoridade entre páginas do seu site  

Quando suas páginas linkam para outras dentro do seu domínio ou da sua loja virtual, você está também distribuindo autoridade entre elas. Ou seja, em vez de concentrar tudo em uma página (Home Page), há um compartilhamento com outras:

  • Categorias
  • Produtos
  • Departamentos 
  • Subcategorias
  • Blog Posts 

O que é o ideal até mesmo porque essas páginas ganhando autoridade e sendo bem otimizadas começam a aparecer no Google também

O que traz mais visitantes, porém em diferentes momentos da jornada do cliente. Então é preciso ter o cuidado de otimizar o conteúdo de cada tipo de página de acordo com a intenção de navegação do usuário.

 Por exemplo: quando a pessoa chega do Google direto para uma página de categoria da sua loja virtual, ela está em um momento bem mais próximo da compra do que se tivesse saído do buscador para ler um post do seu blog ou navegar na sua Home.

Camadas de navegação na internet: Home é a mais externa portanto mais longe do momento de compra
4 camadas de navegação na web em SEO

Links internos ajudam Googlebots a entender quais páginas são autoridades em que assuntos 

Os robôs do Google se orientam por meio de URLs para entender o conteúdo de uma página.  Mas, para isso ocorrer bem, os endereços eletrônicos delas precisam estar bem otimizados assim como os os textos que devem ter palavras-chave na medida certa e textos-âncora objetivos.

Mas, por outro lado, simplesmente colocar hiperlinks de um conteúdo interno para outro sem otimização de texto-âncora e sem URLs otimizadas pouco contribui para melhorar o posicionamento na SERP.

Melhores práticas de SEO para linkagem interna

  • Substituição de link interno quebrado: além de comprometer a experiência do usuário (ninguém gosta de clicar e se deparar com um Erro 404 – Página Não Encontrada), pode até prejudicar o posicionamento no Google porque a qualidade e quantidade também é levada em consideração na hora do ranqueamento.
  • Texto-âncora deve ser natural e objetivo: e de preferência otimizado com keywords. Porém, o mais importante é que as palavras ou expressões que carregam o link interno deixem claro o tipo de conteúdo que a pessoa tem a opção de acessar.
  • Linkagem interna para diferentes URLs otimizadas: uma boa prática de SEO é variar texto-âncoras otimizados e URLs de destino (não repetir nem um, nem outro na mesma página).

Otimização de URLs é indispensável para uma boa linkagem interna: já que os buscadores descobrem sobre o que é o conteúdo por meio de palavras-chaves presentes nelas, nas headings, nos textos-âncora, entre outros.

Links internos e árvore de categoria de ecommerces

Agora que você sabe a importância da linkagem interna para SEO, deve estar se perguntando como melhorar a da sua loja virtual. 

O primeiro passo é você ter em mente que entre páginas de um site existe uma hierarquia que na plataforma de ecommerce é chamada de árvore de categorias.

A Home Page fica no topo podendo linkar para qualquer outra página. Já as páginas do blog, por exemplo, é a outra extremidade sendo a parte mais inferior.  E também pode linkar para a Home ou qualquer outra página do site. A ordem hierárquica de uma árvore de categorias, grosso modo, é:

  1. Home Page
  2. Páginas de Departamento (ex: roupas femininas – tem o mesmo nível hierárquico das páginas institucionais e Landing Page)
  3. Páginas de produtos dos departamentos   
  4. Páginas de Categoria: (ex: vestidos, saias, etc.)
  5. Páginas de produtos da categoria
  6. Páginas de Subcategoria (ex vestidos estampados, vestidos lisos, saias longas, saias midi, saias curtas)
  7. Blog

Estrutura de um link interno

Uma boa linkagem interna precisa levar em conta essa estrutura hierárquica, em termos de arquitetura da informação. Então os hiperlinks devem levar da página que está sempre para níveis superiores ou para o mesmo nível. 

Levando essa explicação para a prática de um projeto SEO, por exemplo, não faz muito sentido o conteúdo de página de categoria ter links internos que levem para o do blog da marca (até em relação à jornada do cliente seria incoerente por estar passos atrás). 

Uma estrutura de link interno eficaz, nesse caso, seria reunir diferentes textos-âncora com palavras-chave relevantes que contenham URLs otimizadas que direcionem de preferência para outras páginas de categoria (mesma hierarquia) ou para departamento ou Home Page.

Já em uma estratégia de blog em SEO para ecommerce, o foco é linkagem interna para as páginas de acordo com a intenção do usuário (que está diretamente a jornada do cliente/ funil). 

Portanto as páginas de categoria costumam ser as mais estratégicas. Embora as páginas institucionais tenham o mesmo nível hierárquico delas, normalmente não faz tanto sentido assim linkar do blogpost para elas. 

Mas, vale lembrar que como em tudo em SEO, não há balas de prata. Portanto a estrutura de linkagem interna varia de acordo com as metas e objetivos para o canal orgânico do seu negócio. 

2 ferramentas de SEO que ajudam na linkagem interna

Internal link checker analyzer

Existem várias ferramentas de SEO que servem para descobrir a quantidade de links internos e a qualidade deles. Como, por exemplo, o Internal Link Analyzer Tool que analisa os backlinks do seu site incluindo os internos. 

Ahrefs Internal links 

A ferramenta de SEO Ahrefs, tem um recurso novo que serve para analisar a qualidade da linkagem interna. O que permite encontrar inclusive links internos quebrados. O que pode prejudicar suas páginas na hora do ranqueamento.

Auditoria SEO: Confira nosso checklist de otimização onpage

Conclusão

Cuidar bem dos links internos do seu ecommerce gera importantes resultados em SEO e para o seu negócio. 

Além da linkagem entre páginas do seu site (feita corretamente) ajudar a subir posições no Google, ela ainda consegue fazer as pessoas navegarem mais tempo no seu site. O que aumenta chances de conversões e venda.

Quer entender mais de SEO para VTEX ou SEO para Tray? Acesse nossos guias de otimização para essas plataformas de ecommerces. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos Parceiros
Plataformas
Newsletter
Confirme que não é um robô
Rolar para o topo