SEO na era Mobile: o que mudou?

seo na era mobile

Assistir vídeos pelo celular, comprar roupa online na sala de espera de um consultório e interagir com os amigos pelas redes sociais em pleno engarrafamento.

Essas são algumas situações corriqueiras na Era Mobile. Mas, já parou para pensar como o uso da internet móvel mudou a forma de fazer SEO nos últimos anos? 

De acordo com dados mais recentes do IBGE (PNAD Contínua) sobre acesso a web em nosso país, 69% dos brasileiros acessam a internet pelo celular sendo que a mesma pesquisa revelou que 38,6% dos lares têm apenas o smartphone como meio de conexão.

Mas, vale lembrar que os dados mais recentes são de 2017. Ou seja, esse percentual tende a ser maior em 2019 e a aumentar nos próximos anos. 

Diante desse novo comportamento de navegação, que é tendência mundial, para oferecer melhor experiência de usuário, as empresas precisaram adaptar seus sites, blogs e lojas virtuais à nova realidade. 

Por esse motivo layouts responsivos se tornaram indispensáveis inclusive para quem quer ranquear bem, já que a maior parte das pessoas que pesquisa hoje no Google faz isso via dispositivos móveis.

SEO para Mobile: principais atualizações do Google 

O crescimento do acesso à internet por meio de dispositivos móveis fez com que o maior buscador do mundo inovasse só para focar na melhor experiência dos usuários no mobile. 

Com isso, as estratégias de Search Engine Optimization (SEO) também precisaram se atualizar. 

Dessa forma mudar para layout responsivo (que se adapta a qualquer tipo de tela) se tornou fundamental para oferecer uma experiência superior de navegação em dispositivos móveis. 

Mas, não é a única prática recomendada. 

Entenda um pouco mais sobre os mais recentes updates do Google que estão ligados a SEO para Mobile. Confira: 

Mobile Friendly

Em 2015, ao identificar o expressivo aumento do número de pessoas usando a internet de celulares e tablets para realizar buscas no Google, a empresa implantou a atualização conhecida como Mobile Friendly que privilegiou na SERP páginas com versão para dispositivos móveis.  

Mobile First Index update

Com a maioria dos seus usuários acessando o buscador pela internet móvel, o Google resolveu priorizar páginas otimizadas para celulares e tablets.

Isso porque foram observadas versões para desktop e mobile totalmente diferentes e até URLs separadas. 

Com Mobile First Index, uma das atualizações de 2018, o Google passou a  rastrear, indexar e classificar versões mobile antes das desktop. 

O que estimulou as empresas a tornarem essas versões mais parecidas e com conteúdo similar. 

E em 1 de julho de 2019, o Mobile First Index virou padrão para novos sites e para aqueles que antes não eram encontrados pelo buscador.

Google Speed Update

Em 9 de julho de 2019 completou 1 ano do rollout dessa atualização que fez o tempo de carregamento de página se tornar oficialmente um fator de ranqueamento para versões mobile. 

O que, na prática, vem penalizando apenas sites lentos.

Mas, por outro lado, seguir essa boa prática defendida pelo Google acaba colaborando para reduzir a taxa de rejeição nos websites

Afinal, quem tem paciência de aguardar mais de 3 segundos para uma página abrir? Caso isso aconteça, o usuário que pretendia comprar algo na sua loja virtual, desistiu e acessou o site da concorrência.  

SEO para mobile: principais desafios e tendências

Com as transformações digitais, o mundo evoluiu e o comportamento das pessoas também mudou. 

Na Era Mobile, os usuários querem encontrar informações imediatamente e sem parar para pensar onde estão. 

Com isso, as lojas virtuais e sites institucionais precisaram inovar investindo também em usabilidade, arquitetura da informação, conteúdo otimizado, SEO e até em atendimento online mais rápido, assertivo e humanizado. 

Do ponto de vista da otimização de páginas para mecanismos de busca, aí estão as principais inovações e tendências que e-commerces e negócios em geral devem levar em conta, e se valer a pena, incorporar em suas estratégias de SEO para mobile.

Foco na experiência do usuário (UX)

As pessoas se tornaram o centro de tudo na Era Mobile. 

Isso porque os usuários realizam suas pesquisas nas mais variadas situações, em micro-momentos, e precisam encontrar suas respostas na hora. 

Portanto não dá mais para pensar SEO para Mobile sem falar de UX também. 

Só para se ter uma ideia da importância disso, um estudo realizado pelo Google, em 2018, identificou que quando um usuário do mobile tem uma experiência negativa de navegação em determinado site, as chances de realizar compra nele caem 62%. 

Ou seja, na Era Mobile para aumentar a última linha da planilha, é preciso investir também em SEO e UX.  

A dica então é se colocar no lugar dos internautas para projetar um site com boa usabilidade. 

Dessa forma é possível atender bem tanto o usuário que está em casa navegando quanto aquele que está na rua acessando a internet do celular para encontrar uma informação importante para imediatamente resolver um problema.    

 Alta velocidade de carregamento 

O tempo de carregamento de página de até 5 segundos em dispositivos móveis (levando em conta uma pessoa usando smartphone 3G) ainda é uma boa prática recomendada pelo Google. 

Mas, até o maior buscador do mundo sabe que na prática, os usuários não aguardam nem 3 segundos. 

Com os avanços da tecnologia em internet móvel, como a chegada do 4G e a previsão do 5G nos próximos anos, a paciência das pessoas que fazem pesquisas pelo celular tende a reduzir cada vez mais

Por esse motivo um dos grandes desafios da Era Mobile, para quem quer oferecer o melhor para o usuário, é oferecer a maior velocidade de carregamento de página possível. 

E o primeiro passo é testar o tempo de abertura de página na ferramenta gratuita do Google PageSpeed Insights

Além de dar uma nota de 0 a 100 (quanto mais alta, mais rápida a página é), o usuário também recebe dicas para melhorar esse desempenho.

Como deixar versão mobile com menor tempo de carregamento 

  • Use o dispositivo Accelerated Mobile Pages (AMP) que consegue renderizar uma página antes mesmo do usuário clicar nela permitindo carregamento praticamente instantâneo em dispositivos móveis
  • Utilize os plugins de Cache e Minificação de código no WordPress para reduzir o peso das páginas deixando-as mais leve e rápida de carregar
  • Não deixe de comprimir imagens

Produção de conteúdo pensando também em busca por voz 

assistente de voz

Search voice é um recurso que vem sendo cada vez mais utilizado ao longo dos anos em todo o mundo. 

E usuários mobile são os que mais usam busca por voz. Isso porque a digitação no celular é mais lenta e requer mais atenção ao contrário da fala que é muito mais prática e natural.  

Portanto na Era Mobile, a produção de conteúdo pensando em search voice é fundamental. 

No Brasil, a marcação de dados speakable no Google Assistant ainda não está disponível, mas é questão de tempo. 

Então a dica é antecipar essa tendência e já ir planejando conteúdo levando em conta esse tipo de busca também.

Vídeos otimizados seguem em alta

Por melhorarem consideravelmente a experiência do usuário, os vídeos se tornaram fator de ranqueamento do Google. 

Dessa forma na Era Mobile, a produção desse tipo de conteúdo é fundamental não apenas para ranquear bem, mas inclusive para permitir que os usuários tenham acesso às informações que precisam em diferentes formatos para que possam escolher o melhor naquele momento. 

Sem contar que vídeos otimizados oferecem flexibilidade para o internauta

Ou seja, se a pessoa não puder parar para assistir, ainda pode consumir o conteúdo ouvindo enquanto faz outras coisas como se fosse um podcast.

E permitem também promover a inclusão já que é possível inserir legendas e até tradução em Libras.

Conclusão

Na Era Mobile, o usuário precisa ser o protagonista de suas estratégias de SEO. Isso porque eles usam smartphones nos mais variados locais e para objetivos bem diferentes. Então os micro-momentos precisam ser levados em conta também na hora de criar conteúdo otimizado.

Além disso, não se deve descuidar da parte técnica do seu website (que também é um dos 3 pilares do SEO). 

Se seu site não oferece uma boa experiência de navegação em dispositivos móveis será preciso fazer mudanças como o uso de design responsivos que normalmente requer uma migração de plataforma

Lembre-se a velocidade de carregamento das páginas precisa ser altíssima porque o usuário simplesmente não espera.

E ainda vai para o concorrente conseguir o que quer. Ainda mais quando está fora de casa em busca de uma informação urgente em tempos de internet móvel. 

Victor Baptista

Victor Baptista

Operações - Search Lab
É especialista em SEO, co-fundador da Search Lab e fundador do Marketagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos Parceiros
Plataformas
Newsletter
Confirme que não é um robô
Rolar para o topo