Ferramentas de SEO para ajudar no planejamento

ferramentas que auxiliam no processo de planejamento de SEO

Utilizar ferramentas de SEO é uma mão na roda quando falamos de bons resultados em otimização de sites para buscadores. 

Isso porque elas reúnem dados que permitem que os profissionais tomem decisões e elaborem estratégias mais assertivas

Elas também evitam que todo o planejamento seja feito com base em achismo. 

Quer entender como as ferramanetas ajudam no planejamento de SEO? Continue lendo esse post porque você vai entender melhor. 

4 ferramentas que ajudam no planejamento de SEO

4 ferramentas de SEO pagas que facilitam o planejamento 

Existem várias ferramentas completas que reúnem diferentes recursos que colaboram para que todo o trabalho de SEO possa ser mais prático e orientado a dados como:  

  1. SEM Rush: uma das mais usadas pelos profissionais de SEO, essa ferramenta é bem completa. O SEM Rush oferece diferentes recursos que vão de auditoria a pesquisa de palavra-chave, passando por análise de concorrência e até templates para produção de conteúdo otimizado, entre muitos outros. 
  1. Ahrefs: serve para monitoramento de nicho, backlinks e tráfego orgânico, além de análise de concorrência. Entre muitos outros recursos que permitem fazer um bom planejamento de SEO. 
  1. Moz: outra ferramenta de SEO bem conhecida, ela facilita bastante a vida de quem faz Linking Building por causa de seu recurso de mensuração de Domain Authority (DA) e Page Authority (PA). Mas, o Moz também tem muitos outros recursos como pesquisa de palavra-chave, tráfego orgânico, etc. 
  1. Majestic: Bem similar às outras, ela também monitora tráfego orgânico, backlinks em massa, além de verificação e comparação de domínios, etc. Inclusive o Majestic oferece métricas próprias como Trust Flow e Citation Flow para medir autoridade de domínio. 

Ferramentas de SEO são similares, mas têm métodos diferentes de mensuração  

Como você pode perceber, todas essas ferramentas oferecem recursos bem parecidos

Independente de qual você escolher, é importante saber o motivo pelo qual está a utilizando. Desta forma, conseguirá evitar que no futuro sejam feitas comparações entre ferramentas que utilizam métodos de mensuração diferentes.

Caso contrário, os números de uma ferramenta podem ser muito discrepantes porque você em um mês se baseou em uma ferramenta e depois em outra.

Então a partir do momento que escolher o seu kit de ferramentas, se mantenha fiel a eles para ter certeza que está comparando maçã com maçã e não maçã com uva. 

Exemplos de casos de uso de ferramentas para planejamento de SEO

As ferramentas para otimização de sites para buscadores têm muitos recursos. Os de monitoramento, por exemplo, servem para serem analisados.

E a partir daí, a equipe de SEO consegue obter insights que facilitam até na hora do planejamento. E para isso ajuda bastante os profissionais estarem também antenados no mercado e nas especificidades do negócio. Dessa forma não irão planejar com base apenas na parte técnica (até porque é apenas uma parte do trabalho de SEO, não ele todo).

Análise de concorrência 

Além de ser possível analisar toda parte técnica do seu site usando essas plataformas, também é possível analisar os da concorrência e com isso traçar uma estratégia para ter o seu pilar de tecnologia o mais ajustado possível em comparação ao seu mercado.

Além disso, é possível também analisar as principais páginas e principais palavras que trazem tráfego para a concorrência. Dessa forma é possível traçar uma estratégia de conteúdo adequada aos seus objetivos.

Como podemos fazer isso? Basta ir em Visão Geral do Domínio e inserir a URL desejada. Escolha a opção mobile e/ou desktop.

Assim a plataforma mostra várias informações estratégicas importantes (por dispositivo) para o planejamento de SEO como:  

  • Principais palavras-chave orgânicas
  • Principais palavras-chave de anúncios
  • Principais concorrentes orgânicos
  • Tendência do desempenho na pesquisa
  • Total de Backlinks (follow e no follow), etc.

Pesquisa de palavra-chave para planejamento de conteúdo otimizado 

Além de oferecerem o tradicional recurso dedicado a keyword research, as principais ferramenta sde SEO podem facilitar também o planejamento editorial de blogs ou de páginas de conteúdo em e-commerces

O SEM Rush, por exemplo, tem o recurso Topic Research que apresenta sugestões de temas e H1 com base na palavra-chave pesquisada. Nele é possível   obter sugestões de ideias para posts com as keywords desejadas, além de perguntas sobre termos relacionados (o que é ótimo para acertar na densidade de palavra-chave).

Com essa ajuda da tecnologia é muito mais prático criar conteúdo otimizado.

Mas, vale lembrar que não é porque a ferramenta recomendou determinado assunto que ele faz sentido para seu público-alvo ou irá agregar aos objetivos do negócio.

LEMBRANDO: A ferramenta traz dados para você. Se você não tiver objetivos e metas associados ao canal, você não saberá se esses dados ajudarão ou não. 

Por isso vale a pena continuar pesquisando o que seus concorrentes estão fazendo e as dúvidas das suas personas.

Dessa forma é possível responder o que elas realmente querem saber e estão procurando nos mecanismos de busca. Ou seja,  conteúdo otimizado para SEO realmente relevante.

Antes de começar a planejar, determine seu objetivo 

Aonde você quer chegar com seu investimento em SEO?

É importante ter isso bem claro antes mesmo de começar o planejamento.

Isso porque o objetivo será o norte para a criar  futuras metas e ações. Mas, as ferramentas são apenas suportes que facilitam o processo como um todo inclusive na hora de planejar. 

Por exemplo: um dos seus objetivos é posicionar melhor no Google? Então a dica é dar uma conferida no SERP Rank Checker. Essa plataforma revela a posição das páginas no buscador. Ótimo Victor! Mas, o que faço com esse dado super relevante? 

Bom, a partir daí, você pode começar a planejar o que precisa ser feito para melhorar o SEO Offpage (já que bons backlinks ajudam a ranquear melhor) e também no SEO Onpage (que é o mais técnicos por se tratar de otimização internas das páginas). 

Mas, vale lembrar que o maior mecanismo de busca do mundo tem mais de 200 fatores de ranqueamento que ninguém sabe ao certo quais são.

Então minha dica é: quanto menos você depender deles no seu planejamento de SEO, mais controle sobre resultados será possível ter. 

Quer saber mais sobre os efeitos do ranqueamento no seu negócio? Baixe a Pesquisa SEO: O que impacta em posicionamento, tráfego e vendas.

Conclusão

A tecnologia está aí para ajudar.

Porém, é importantíssimo lembrar que ferramentas sozinhas não resolvem o problema de SEO da sua empresa. Ela apenas trará dados, que você precisará analisa-los e transforma-los em ação.

Então, antes de investir em ferramentas, invista em estratégia. Depois disso, utilize as ferramentas para ajudar na tomada de decisão.

Victor Baptista

Victor Baptista

Operações - Search Lab
É especialista em SEO, co-fundador da Search Lab e fundador do Marketagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos Parceiros
Plataformas
Newsletter
Confirme que não é um robô
Rolar para o topo